Coisas que poucos lembram, mas que você não pode esquecer em uma viagem

10/09/2018

Fazer a mala para uma viagem, principalmente daquelas mais longas, de férias, costuma ser uma tarefa complicada para muita gente - e eu me incluo neste grupo. Será que não esqueci nada? E se fizer calor, tenho roupa suficiente? Mas e se esfriar demais, não é melhor levar um casaco a mais?

Dúvidas, dúvidas e mais dúvidas. 

Normalmente agente acaba levando mais do que precisa mas, pensando bem, antes levar a mais do que a menos, não é verdade? Pelo menos eu prefiro pecar pelo excesso, mesmo que isso signifique uma mala mais pesada para carregar.

Mas há itens que muita gente nem pensa e que, se pensarmos bem, não podem faltar na mala para que sua viagem seja ainda mais confortável.

Por exemplo, quando você vai viajar você costuma lembrar de levar saquinhos plásticos para guardar a roupa suja? E uma lanterninha, já pensou em levar? Ela pode te ajudar a voltar para o hotel a noite, em uma praia escura, por exemplo. E adaptador de tomada, esse você não pode deixar de fora! Usa algum sabonete especial? Leve, aquele sabonetinho sem graça que alguns hotéis oferecem não o substituirá, de jeito nenhum.

Não esqueça os saquinhos plásticos para guardar as roupas que sujou na viagem

Ah, e a parte dos remédios? Muito importante também....faça uma lista daqueles essenciais, mesmo que no final você acabe levando uma mini-farmácia junto. 

Óculos de sol....se tiver dois, leve ambos...é sempre nas férias que acaba dando algo errado com eles (pelo menos comigo, é sempre nas férias que a lente cai, risca ou quebra...e até já me aconteceu de perder os óculos no mar, na Praia da Pipa. Também, quem mandou entrar no mar de óculos né? Rssss...ainda bem que tinha um de reserva).

Mas existe um item que quase ninguém pensa e que eu julgo o mais importante, e nunca deixo de levar comigo. O travesseiro!

Dormir bem...

...ou muito mal pode fazer grande diferença na sua viagem.

Por mais que os hotéis usem aquela máxima de que lá você se sentirá "em casa", eles jamais terão como lhe oferecer o SEU travesseiro, aquele que está acostumado. Aliás, fazendo um parêntesis (já escrevi sobre isso aqui no blog, clique aqui e confira ), acho isso um "marketing" muito batido e incorreto ... se eu quisesse me sentir em casa ficava em casa, ora bolas....se saio de férias, quero justamente me sentir fora de casa!!!

Mas voltando ao travesseiro, não adianta te oferecerem modelos fofos, altos, baixos, mais duros, de pena de ganso, galinha ou urubu....rss...nunca será como o seu (desde que, claro, você goste do seu...hehehe). Já dormi muito mal em viagens por causa desse item e desde então passei sempre a levar o meu comigo.

Mas isso não é um "peso" a mais? Não estará "roubando" um espaço importante na sua mala? 

Não, acredite! 

O peso nem vou falar, esse excesso é descartável, não faz a menor diferença. Já com relação ao espaço, o travesseiro mais ajuda do que atrapalha.

Sabe por que?

Porque o travesseiro ajuda a "fechar os espaços" da mala, deixando as roupas "mais presas" (e sem amassá-las), evitando com que "dancem" para lá e para cá durante o transporte e manuseio muitas vezes pouco cuidadoso da mala durante a viagem (sobretudo se envolve viagem de avião). E por ser macio, ele pode ser bem prensado.

Vai por mim, esses elásticos que "prendem" as roupas na mala 
não adiantam muito se a mala não estiver completamente cheia.
Vai sempre ter peça de roupa dançando e amassando durante a viagem.
Agora imagina um travesseiro sobre essas roupas na imagem abaixo...
ele ocuparia o espaço que resta e prenderia bem as roupas.

Mesmo assim não quer levar na mala? 

Ok, leve na mala de mão. Também poderá sem bastante útil para lhe dar um maior conforto, por exemplo, em viagens mais longas de avião (até porque não dá para considerar aquele travesseirinho mequetrefe que as cias. aéreas oferecem).

Para finalizar, lembre-se: uma boa noite de sono é muito importante para que você possa aproveitar melhor os dias da sua viagem. Pense nisso...